História da Televisão - Década de 70

1970

O Censo de 1970 aponta o número de aparelhos de televisão chegou a 4 milhões de lares, atingindo, aproximadamente, a 25 milhões de telespectadores.

Incêndio na TV Globo do Rio de Janeiro, no dia 10 de Janeiro.

Faz sucesso na Globo a novela "Irmãos Coragem".

Inaugurada em 25 de Janeiro a TV Gazeta de São Paulo.

Incêndio nos estúdios da Vila Guilherme da TV Excelsior, em 17 de Julho.

Cassada a concessão da TV Excelsior, canal 9 de São Paulo, em 28 de setembro.

1971

Incêndio na TV Globo do Rio de Janeiro, em 28 de Outubro.

Começa a preparação para a implantação da Tv a cores. Adaptação de equipamentos e treinamento de técnicos.

O Ministério das Comunicações baixa decreto que regulamenta 3 minutos de comercial para cada quinze minutos de programação.

Incêndio na TV Record.

A novela "Meu Primeiro Amor", da TV Globo, lança o merchandising, com o lançamento de uma nova linha de bicicletas

1972

O ano da "tv a cores" no Brasil. Em 31 de Março acontece a primeira transmissão a cores da TV brasileira: a Festa da Uva de Caxias do Sul / RS. O sistema adotado no país é o PAL-M e a TV Globo é a mais adiantada na implantação das imagens coloridas.

Regulamentada pelo PRONTEL (Programa Nacional de Telecomunicações) a formação de redes de TV.

1973

Vai ao ar pela primeira vez o programa "Fantástico", da Rede Globo. Mesclando informação e variedades fez grande sucesso.

O programa "Caso Especial - Carnê de Baile", da Globo, marca o início das transmissões de programas com imagens coloridas. As emissoras tiveram que melhorar a qualidade de cenários, figurinos, maquiagens, vinhetas, etc, pois a transmissão colorida revelava mais imperfeições que a transmissão em P&B.

"O Bem Amado" da TV Globo foi a primeira novela colorida.

A Tupi começa a trabalhar em rede, contando com um maior número de emissoras que a Globo.

Flávio Cavalcanti, pela TV Tupi, lidera a audiência aos domingos à noite. Polêmico, o programa chega a ser suspenso por 60 dias, devido a dois assuntos abordados: o português que mora na ilha de Marajó e tem um harém, incluindo a própria filha e o marido que empresta a mulher para o amigo porque está impotente).

1974

"João da Silva", a primeira telenovela educativa, vai ao ar. Ela foi realizada pela TV Cultura de São Paulo.

A Globo segue na frente quanto à implantação da programação colorida. Neste ano já soma 8 horas diárias de programação a cores.

A Tupi lança sua programação nacional e centraliza em São Paulo a geração da programação.

1975

O jornalista Wladimir Herzog, do Departamento de Telejornalismo da TV Cultura de São Paulo, é assassinado.

1976

Inaugurada em janeiro a TV Studios (TVS), no Rio de Janeiro, embrião do SBT, de propriedade de Sílvio Santos.

Incêndio na TV Globo do Rio de Janeiro.

O "Programa Silvio Santos" deixa a Rede Globo, em Agosto, e passa a ser transmitido pela Rede Tupi e TVS.

Roberto Marinho recebe o prêmio internacional Emmy, como Homem Destaque da Televisão

1977

Decreto regulamenta a propaganda governamental gratuita.

Em 7 de Março, a Globo coloca no ar a versão de maior audiência do "Sitio do Pica-Pau Amarelo", telenovela infantil.

Mauro Salles assume a vice-presidência dos Diários e Emissoras Associadas (Rede Tupi) para tentar salvar a empresa que estava à beira da falência. Ele se afasta do cargo dois meses depois.

Inaugurada a TV Guanabara do Rio de Janeiro, fazendo com que a Bandeirantes inicie a formação de sua Rede.

É cassada a concessão da TV Rio.

Sílvio Santos se associa ao Grupo Paulo Machado de Carvalho na TV Record.

Na TV Tupi a novela ds 20h, "O Profeta", faz sucesso e preocupa a TV Globo.

Mais um incêndio na TV Record. A programação da emissora, sériamente prejudicada, acaba sendo mantida com filmes.

1978

O Telecurso 2º grau, produzido pela Fundação Roberto Marinho e Fundação Padre Anchieta, vai ao ar é torna-se o programa educativo de maior sucesso na TV brasileira.

1979

A Rede Globo coloca no ar as "Séries Brasileiras".

Carlos Augusto de Oliveira, o Guga, vai para a Bandeirantes, que inicia uma nova fase. O marco da mudança é a novela "Cara a Cara", de Vicente Sesso dirigida por Jardel Mello.

Outros itens de Radiodifusão

VOLTAR
Que marcas você quer deixar no planeta? Calcule sua Pegada Ecológica.
Este site não apoia rádio pirata